Deputado anuncia resistência no PSB contra Lídice


Lembrando que apresentou o nome de Lídice para uma candidatura independente ao Senado, Tadeu protestou: "Lancei a pedido dela, e ela agora aceita a vice sem me comunicar". O parlamentar informa que nos bastidores Lídice confirma o fechamento do acordo - na verdade, dizemos nós, um pré-acordo, porque o imbróglio César Borges ainda não se desenrolou.


Tadeu diz que "Lídice tem a chance de ser senadora e vai abrir mão para César Borges", entendendo que tal comportamento sem consulta ao partido arranhou sua autoridade, levando os militantes se rebelarem. "Paulo Mascarenhas (dirigente que teve divergência com Lídice e foi com seu grupo para o PMDB) questionou e saiu. Agora, os movimentos e muitos diretórios vão ficar e resistir", anunciou.

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br