Otto não foi


Na recepção, foi grande a diversidade de políticos e autoridades, destacando-se o padrinho Paulo Souto e o senador potiguar Agripino Maia, ambos do DEM. O prestígio pelo lado tucano da coligação foi dado pelo líder do PSDB na Câmara dos Deputados, João Almeida.


Não faltaram, naturalmente, altos representantes do clã dos Magalhães, além do deputado federal sergipano Albano Franco, o presidente regional do PSDB, Antonio Imbassahy, e o prefeito de Guanambi, Nilo Coelho, de quem se diz pleitear um lugar na chapa majoritária.

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br