Jornalista recusa papel de símbolo

Por Escrito criticou o aproveitamento político feito pelo ex-governador Paulo Souto do assalto de que foi vítima o jornalista e professor Washington de Souza Filho, baleado por bandidos na Pituba. Ontem, o editor deste blog recebeu do jornalista e-mail cuja íntegra transcrevemos a seguir:


"A sua clareza expressa o meu pensamento. O meu infortúnio, além do susto aos parentes e amigos, os muitos colegas incluídos, não precisa ser considerado como mais do que isso. Reconheço a justeza de manifestações, justificadas pelo relacionamento nos campos em que atuo - o ensino e o jornalismo.


"De outra forma, é querer colocar mais lenha em uma fogueira que arde há mais tempo. Não sou símbolo de nada e o meu compromisso, você definiu bem, é com o meu trabalho, a minha profissão - o que me fez merecer, neste momento ingrato, acho, a solidariedade, a atenção e o carinho de todos.


"Para falar por mim, o que precisaria ser dito é que precisamos acabar com esta situação em que nós cidadãos somos todos zés quando a violência aparece em sua porta ou no seu caminho, sem distinção de bairro, cor, profissão. Obrigado pelo reconhecimento". 

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br