Bacelar diz que PM extermina e governo se omite


Responsabilizando a Polícia Militar, o parlamentar afirmou que "o único serviço que o afrodescendente conhece em Salvador é a Rondesp invadindo as suas casas e matando seus filhos", sem que seja tomada nenhuma providência por "um governo que se diz ético e republicano, preocupado com os direitos humanos".


Bacelar criticou pela omissão a Secretaria Municipal da Reparação, o Movimento Negro e a Secretaria da Justiça e Direitos Humanos, que "não dizem nada". A concepção desses órgãos seria "a mesma do Partido dos Trabalhadores, que, infelizmente, só defende as manifestações culturais dos afrodescendentes".

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br