Zé Neto poderia ser o nome do PT

Pole-position" e "dois corpos à frente" foram expressões que o deputado Zé Neto (PT) usou inicialmente para definir a situação do deputado Marcelo Nilo (PDT) na corrida eleitoral da Assembleia Legislativa.


Deu até a impressão de que, na bancada petista, era dos que apoiavam a reeleição do presidente, embora fizesse ressalvas diversas - a antecipação exagerada do processo, a prioridade da pauta legislativa e a recomendação de "cautela e caldo de galinha".


O quadro combina com a descrição e a interpretação que fonte deste blog fez da recente reunião que os petistas tiveram com Nilo para tratar da sucessão na Casa, precipitada pela convocação da bancada feita pelo líder Paulo Rangel.


Apresentando seus argumentos, Zé Neto repetiu o mantra "não é agora", mas defendeu o atual presidente. Na remota possibilidade de, com a participação do governador Wagner, o processo resultar no PT, com alguma simpatia de Nilo poderia contar.

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br