Com tempo e poder, Pinheiro está à disposição


Quando concluiu que uma candidatura petista era inevitável, Pinheiro passou a trabalhar pela própria indicação, que está novamente fortalecida não só pela sua ida ao segundo turno dois anos atrás, mas, principalmente, pela eleição ao Senado, que lhe dará oito anos de poder e tranquilidade para almejar o que bem entender.


As tendências em que se divide o PT gravitam em torno do poder, da ocupação de secretarias e empresas públicas. A Democracia Socialista (DS), corrente de Pinheiro, desenvolve agora a estratégia de ocupar Salvador, a bordo da Secretaria de Desenvolvimentio Urbano, Embasa e Secretaria da Saúde, cujo secretário executivo, Amaury Teixeira, elegeu-se deputado federal.

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br